Há 10 anos, os pedófilos precisavam recorrer a clubes fechados para trocar informações ou satisfazer seus prazeres. Hoje a internet facilita o contato dos pedófilos com suas vítimas, pois eles podem assumir qualquer personalidade e usar uma linguagem que atraia crianças e pré-adolescentes.

 

Meios de abordagem mais utilizados pelos pedófilos virtuais

 

  • Mensageiro instantâneo – Programa que permite a comunicação instantânea entre pessoas, individualmente ou em grupo, através de textos ou voz. Essa ferramenta permite ainda o intercâmbio de vídeos e fotos. Ex: MSN.

 

  • Chat – Canal de um determinado site que é utilizado, exclusivamente, para bater papo com um desconhecido. As salas de bate-papo são divididas por temas e idade, porém, é impossível garantir a veracidade das informações fornecidas pelos usuários.

 

  • Blog e Fotolog – É um registro divulgado na internet, como se fosse um diário, onde o usuário escreve suas idéias, angústias, desejos, e também pode incluir informações pessoais e fotos.

 

  • E-mail – É um serviço de correio eletrônico, que permite aos usuários enviar e receber mensagens (textos, fotos, etc.)

 

  • Redes de relacionamento – São espaços virtuais capazes de reunir indivíduos e instituições com afinidades ou objetivos comuns, mantendo e ampliando relacionamentos inter-pessoais. Ex: ORKUT.

 

Cuidados na internet

Familiares, educadores e adultos cuidadores de uma forma geral devem estar preparados para identificar as diferentes formas de atuação do pedófilo na internet. As crianças e adolescentes devem ser orientados e acompanhados a fim de que não sejam cooptados por pedófilos na rede de computadores:

 

 

  • Métodos de aproximação utilizados pelos pedófilos
    • Através de perfis falsos;
    • Linguagem que mais cativa o público infantil;
    • Confiança;
    • Chantagem emocional ou financeira;
    • Roubo de senhas.

  • Cuidados para evitar o assédio de pedófilos

 

    • Usar o computador e a internet junto com a criança. Criar condições para que a criança lhe mostre os sites por que navega.
    • Instalar o computador em um cômodo comum da casa, ao qual todos tenham acesso.
    • Sempre que puder, verificar as contas dos e-mails das crianças e se possível instalar um programa de rastreamento para saber tudo o que fazem e com quem falam. O mais indicado seria o Wave Spy.
    • Procurar saber quais os serviços de segurança usado nos computadores das escolas e das lan houses freqüentadas por seus filhos.
    • Orientar crianças e adolescentes a não se encontrarem com pessoas que conheceram pela internet.
    • Instruir as crianças e adolescentes a não postarem fotos pela internet.
    • Ensinar as crianças e adolescentes a não divulgarem dados pessoais - idade, endereço e telefone - em salas de bate-papo. Dizer às crianças e adolescentes para nunca responderem a mensagens insinuantes ou agressivas.
    • Explicar para as crianças e adolescentes os perigos da pedofilia na internet. Conhecer os amigos que a criança faz no mundo virtual. Assim como podem surgir boas amizades, também podem aparecer pessoas com más intenções. Criar dispositivos de bloqueio e controle de determinados sites.
    • Explicar á criança que muitas coisas vistas na Internet podem ser verdade, mas também podem não ser.
    • A comunicação é fundamental. Mais do que qualquer programa ou filtro de conteúdo, a conversa sincera entre pais e filhos , professores e alunos, ainda é a melhor arma para enfrentar os perigos da pedofilia e muitos outros.
    • A escola deve ser um espaço privilegiado de discussão sobre essas questões, especialmente pelo seu caráter formador.

 


Cuidados nas Lan Houses

 

Lan houses são espaços comerciais com vários computadores em rede, que permitem o acesso à internet para diversos fins, desde elaboração de trabalhos escolares, profissionais, até compra de fotos e vídeos.

Um computador pode ser facilmente identificado através do seu IP, isso explica porque muitos pedófilos preferem utilizar computadores de lan houses, ao invés dos particulares, para comprar e divulgar fotos e vídeos eróticos de crianças, já que uma máquina desse estabelecimento é utilizada por diversos usuários diferentes em um mesmo dia, o que dificulta a identificação de criminosos e pedófilos.



IP: É um endereço numérico que funciona como a impressão digital de um computador. Esse endereço fica registrado em todos os sites visitados pela máquina e é um grande aliado na descoberta de pedófilos e criminosos virtuais.

 

 

    Você Sabia?

    No Mato Grosso do Sul, a lei n°. 3103/05 disciplina as atividades de lan houses.

    Ela obriga os estabelecimentos a criar e manter um cadastro atualizado de seus usuários com nome completo, telefone e número do documento de identidade. Também devem ser registradas a hora inicial e final de cada acesso, com a identificação do usuário e do equipamento por ele utilizado. No caso dos estudantes, é exigida a identificação da escola onde estão matriculados.



    Os dados deverão ser arquivados por sessenta dias e ficarão disponíveis às investigações policiais quando houver suspeita de crime pela internet.


    Importante: de acordo com a lei, menores de 12 anos só podem ingressar e permanecer nesses estabelecimentos acompanhados de pelo menos um dos pais ou responsáveis.

    O cumprimento dessa lei facilita a identificação de pedófilos, tornando as crianças menos vulneráveis. Os proprietários de lan houses que descumprirem a lei podem ser responsabilizados por atos criminosos cometidos por meio dos computadores de seu estabelecimento.

    Pena ao estabelecimento que descumprir a lei: Multa de 3 mil a 10 mil reais, de acordo com a gravidade. Em caso de reincidência a multa será aplicada em dobro.

    A polícia militar é o órgão responsável pela fiscalização e notificação dos infratores, mas você pode colaborar exigindo que a lan house que seu filho freqüenta respeite a legislação. A lei só funcionará se todos estiverem atentos.


    De acordo com a Associação Italiana para a Defesa da Infância, o Brasil ocupa o quarto lugar no ranking mundial de sites dedicados à pornografia infantil (a entidade trabalha com informações do FBI, a polícia federal americana).

    Matéria publicada na revista “Isto É”, em março de 2006, mostra que no ano 2000 o mercado mafioso da pedofilia movimentou 5 bilhões de dólares em todo o mundo. Em 2005 a estimativa é que esse mercado tenha movimentado 10 bilhões de dólares, ou seja, dobrou em apenas 5 anos. Nesses 10 bilhões estão embutidos a venda de fotografias e vídeos que mostram crianças sendo abusadas e fazendo sexo com adultos e até com animais. FONTE:http://www.wavecorporate.com/noticias/pedofilia.htm

Por favor, aguarde enquanto preparamos sugestões de leitura para você...

Blogs com notícias similares:

Atualizado 1 hora atrás.

Por Eduardo em Tecnologia & Ciência desde 10/10/2011

http://sftech.dihitt.com sF TECH

Tecnologia, Games , Tutoriais, WebTV, Fórum de Discussão e muito mais...

Ranking 606º

Atualizado 1 hora atrás.

Por Eduardo em Blogueiro Repórter desde 08/10/2011

http://blogdoeduardodantas.dihitt.com Blog do Eduardo Dantas

O BLOG DO EDUARDO DANTAS VC FICA BEM INFORMADO SOBRE TUDO QUE ACONTECE EM CAICÓ E NO RIO GRANDE DO NORTE

Ranking 1305º

Atualizado 2 dias atrás.

Por Rafael em Negócios & Marketing desde 03/09/2013

http://digitalstorelizard.dihitt.com Digital Marketing Lizard

Este espaço serve de veículo e objeto que consiste em tornar pública, notícias, ofertas, representação de produtos, soluções e serviços independentes.

Sua opinião:
comentou em 20/10/2010 14:54
São doentes que se aproveitam de inocentes ... DOENTES MENTAIS !!!!
PROFESSOR DA USP FALA DO ORKUT


Professor de Informática da USP

Dêem uma pausa e reflitam sobre a verdade do que está escrito abaixo.

O ORKUT apareceu como uma forma de contatar amigos,
saber notícias de quem está distante e mandar recados.

Hoje está sendo utilizado com o propósito de,
creio ser o seu maior trunfo,
obter informações sobre uma classe privilegiada da população brasileira.

Por que será que só no Brasil teve a repercussão que teve?

Outras culturas hesitam em participar sua vida e dados de intimidade,
de forma tão irresponsável e leviana..

Por acaso você já recebeu um telefonema que informava
que seus filhos estavam sendo seqüestrados?

Sua mãe idosa já foi seguida por uma quadrilha de malandros ?

Já te abordaram num barzinho,
dizendo que te conheciam faz tempo?

Já foi a festas armadas para reencontrar
os amigos de 30 anos atrás e não viu ninguém?

Pois é.. Ta tudo lá.

No ORKUT.

Com cinco minutos de navegação

eu sei que quantos filhos você tem, ou se não tem,

se tem namorado/a ,

sei que estuda no colégio tal, ou que trabalha em tal lugar,

sei que freqüenta tais cinemas, tais bares,tais festas ....

sei nome de familiares,sei nome de amigos;

sei sei sei !

E o melhor de tudo, com uma foto na mão!

Identifico seu rosto em meio a multidões,
na porta do seu trabalho, no meio da rua.

Afinal, já sei onde você está.

É só ler os seus recadinhos.

Faço um pedido:

Quem quiser se expor assim,
faça-o de forma consciente e depois não lamente,
nem se desespere, caso seja vítima de uma armação.

Mas poupe seus filhos, poupe sua vida Íntima.

O bandido te ligou pra te extorquir dinheiro
também porque você deixou..

A foto dos meninos estava lá..
Teu local de trabalho tava lá.

A foto do hotel 5 estrelas na praia tava lá.

A foto da moto que está na garagem estava lá.

Realmente somos um povo muito inocente e deslumbrado.

Por enquanto, temos ouvido falar de ameaças a crianças e idosos.

Até que um dia a ameaça será fato real.
Tarde demais.

Se você me entendeu, ótimo!

Reveja sua participação no ORKUT,
ou ao menos suprima as fotos e imagens de seus filhos menores
e parentes que não merecem passar por situações de risco
que você os coloca.

Oriente seus filhos a esse respeito,
pois colocam dados deles e da família sem pensar em consequências,
fazem isso pelo desejo de participar,
mas não sabem ou não pensam no perigo
de se dar dados pessoais e da família para que qualquer pessoa veja.

Se acha que não tenho razão, deve se achar invulnerável.

Informo que pessoas muito próximas a mim e queridas
já passaram por dramas gratuitos,
sem perceber que tinham sido vítimas da própria imprudência.

A falta de malícia para a vida nos induz a correr riscos desnecessários..
Não só de Orkut vive a maioria dos internautas.

Temos uma infinidade de portas abertas
e que por um descuido colocamos uma informação
que pode nos prejudicar.

Disponibilizar informações a nosso respeito
pode se tornar perigoso ou desagradável.

Portanto, cuidado ao colocar certas informações na Internet.

Não conhecemos a pessoa ou as pessoas que estão do outro lado da rede.

O papo pode ser muito bom, legal.

PS:
Passe a todos que você conhece
e que utiliza o Orkut, 1Grau, Gazzag, NetQI, Blogs, Flogs, etc.....
para que todos tenhamos consciência sobre o assunto e possamos
colaborar com a diminuição do crime.

Um abraço,

Marco André Vizzortti

Professor de Informática da USP

(Universidade de São Paulo)

*********************

ATENÇÃO:

ESTA CAMPANHA

É MUITO IMPORTANTE

PARA SUA SEGURANÇA E DE SEUS FAMILIARES




comentou em 24/12/2010 19:06
Com o advento da internet, a vida de quem navega se tornou um livro aberto pra quem quiser ler... INfelizmente tem esses escrotos que fazem o uso mais execrável possível da grande rede...